Até 10x sem juros | Frete grátis acima de R$ 200

Carrinho de Compras

O seu carrinho está vazio

Continuar as Compras

Tudo Sobre Alimentação Úmida e Alimentação Seca

Alimentação Úmida e Alimentação Seca: Qual Escolher?

Dúvida comum entre todos os tutores é que tipo de alimentação devemos dar para nossos gatinhos: ração úmida, ração seca ou uma mistura dos dois tipos.

Basta entrar em qualquer loja e a gente se depara com um universo de tipos de comidinhas para gatos com os mais diversos nomes: standard, premium, para filhotes, para gatos castrados, no grains, light, úmida e por aí vai.

Garantir uma alimentação de qualidade para nossos gatinhos é uma das coisas mais importantes que um Gateiro Consciente pode e deve fazer.

Mesmo sabendo que cada gato é diferente, saber o básico sobre as necessidades felinas ajuda na hora de decidir qual tipo de ração oferecer. E esse é nosso objetivo hoje.

De Que Os Gatos Se Alimentam?

Se pensarmos nas origens dos felinos, eles viviam nas florestas e se alimentavam com o que podiam encontrar na selva.

Já sabemos que gatos têm instintos caçadores e era isso mesmo que eles faziam. Os felinos caçavam pequenos roedores que, estima-se, continham aproximadamente 55% de proteína e 45% de gordura.

Apesar dos gatos serem mais caseiros hoje em dia do que nos tempos em que viviam nas florestas, para manter a saúde dos nossos bichanos é preciso garantir a quantidade adequada de proteína e gordura, além de uma quantidade mínima de carboidratos.

Mas os gatos também precisam de hidratação adequada em sua alimentação. Um dos principais problemas que afetam os nossos gatinhos está associado ao sistema urinário por um desequilíbrio na quantidade de umidade presente no dia a dia dos gatinhos.

Na natureza, os bichanos costumavam obter um pouco da quantidade de água necessária através do consumo das partes úmidas das presas que eles caçavam. Depois disso, eles procuravam qualquer fonte de água fresca e limpa para complementar e equilibrar sua hidratação.

Quais São as Principais Diferenças Entre Ração Úmida e Seca?

Antes de mostrar algumas das principais diferenças entre ração úmida e seca vamos reforçar a importância de consultar regularmente um veterinário. Sabemos que é seu gatinho que vai decidir a ração que vai comer, mas um veterinário poderá ajudar a equilibrar a alimentação de maneira correta.

Agora imagine que você chega a Salvador e pede aquele acarajé, fritinho e sequinho. Falta um vatapá e um vinagrete molhadinho para acompanhar, certo? Ou você chega no Rio e pede aquele arroz sequinho e soltinho. Será que desce sem o feijão? Até um bolo seco de sobremesa pede um café quentinho para acompanhar.

É claro que nossos gatinhos não farão um turismo gastronômico pelo Brasil, mas a umidade presente na ração tem funções importantes. Por isso, veja algumas diferenças entre a ração úmida e a seca abaixo.

Por Que Escolher Ração Úmida?

Ração úmida agrada bastante aos gatos. Ela possui um aroma mais forte e é mais saborosa e, por isso, os gatos chegam a ficar mais excitados somente com o cheiro da comida.

A ração úmida pode ser mais fácil de mastigar, principalmente para os gatos mais velhos que andam meio banguelinhas, mas sem perder a fofura, claro.

Como o próprio nome diz, a ração úmida tem mais umidade, o que ajuda na hidratação. Ela é uma grande aliada, principalmente se você também disponibilizar as melhores fontes de água pela casa.

Por Que Escolher Ração Seca?

Ao mastigar a ração seca, os dentinhos dos gatos sofrem uma fricção e isso ajuda a prevenir tártaro. É uma forma de melhorar a saúde dental dos gatos.

A gente sabe que nossos gatinhos são capazes de espalhar um pouco da ração em volta até mesmo dos melhores comedouros. E é mais fácil limpar a sujeirinha da ração seca.

A ração úmida precisa de refrigeração após aberta. Isso quer dizer que é mais fácil armazenar e conservar a ração seca. Mesmo que a gente disponibilize mais ração seca que o gato quer comer, ela aguenta mais tempo no comedouro do que a ração úmida dando maior poder de escolha aos gatos para decidirem a melhor hora de se alimentarem.

Como Equilibrar Ração Seca e Úmida na Dieta de Seu Felino

Para se certificar de que seu gato está se alimentando corretamente, é importante entender a quantidade de comida recomendada pelo seu veterinário.

Essa quantidade está relacionada principalmente ao tamanho, idade e peso de seu gato ou gata.

Há muitas classificações de alimentação para gatos de acordo com:

. adequação nutricional – uma alimentação completa é capaz de fornecer todos os nutrientes que seu gato precisa e devem formar a maior parte da dieta de um felino. Já a alimentação complementar, os aperitivos e petiscos, devem ser uma parte menor da dieta dos bichanos.

. idade – os gatinhos mais novos precisam de uma alimentação mais rica em proteínas e calorias. Com o tempo, você vai alterando o tipo de ração de forma gradual e progressiva, introduzindo pouco a pouco novos alimentos. Mas evite mudanças bruscas de alimento, pois elas podem resultar em vômitos e diarreias.

. estilo de vida – gatos castrados e gatos caseiros requerem uma dieta com menos calorias. Há também dietas adaptadas para necessidades mais específicas e que ajudam a prevenir, por exemplo, a formação de bolas de pelo.

. preço – há rações de preços variados e uma busca rápida pela internet pode parecer impossível diante das infinitas opções. Por isso, uma conversa com seu veterinário é o principal atalho para encontrar a alimentação ideal para seu gatinho e você não se perder nos termos standard, premium, economic, super premium e por aí vai.

Unindo Ração Úmida e Seca em um Único Comedouro

Recentemente realizamos uma pesquisa para entender melhor o comportamento dos tutores nos cuidados com a alimentação de seus gatos. A boa notícia é que aproximadamente 85% dos tutores responderam que utilizam ração úmida na alimentação de seus gatinhos.

A maioria das pessoas que responderam a pesquisa afirmou que oferece ração úmida diariamente.

Uma nova pesquisa realizada pela Woolie mostrou que mais da metade dos Gateiros Conscientes possuem um comedouro para ração úmida e um comedouro para a ração seca. Ainda, segundo os tutores que participaram dessa pesquisa, quase 50% dos seus gatinhos preferem ração úmida.

Pensando em como ajudar a organizar a alimentação diária dos gatinhos, a Woolie desenvolveu o Comedouro DUE.

Sabemos que a maior parte dos tutores deixam a ração seca sempre disponível no comedouro. Por isso mesmo, é comum termos que usar um segundo comedouro, ou pior, improvisar um pires para oferecer ração úmida ao gato.

Uma das grandes vantagens do Comedouro DUE da Woolie é juntar dois potinhos em um mesmo comedouro. Isso facilita na hora de oferecer os dois tipos de ração, úmida e seca, para seus gatos e gatas.

Comedouro DUE

Funciona da seguinte forma: quando vamos oferecer ração úmida, que é menos frequente e mais regulada que a seca, podemos retirar o pote com a ração seca. Após nossos gatinhos se deliciarem com a ração úmida, retornamos com o pote de ração seca. 

Enquanto o pote de ração seca está no Comedouro, você pode lavar o pote de ração úmida. Isso facilita a vida do gateiro e ainda garante aquele toque de design que nenhum pires de nossa tia-avó é capaz de garantir.

O Comedouro DUE possui estrutura de bambu com a altura correta para ajudar na alimentação. Os potinhos ocupam pouco espaço e, por serem feitos em cerâmica, seus podem ser lavados até mesmo no lava-louças. 

Dessa forma, você oferecerá uma alimentação balanceada e ainda garantirá parte da hidratação diária necessária para manter os bichanos saudáveis.

E, já dissemos isso outras vezes, mas não nos cansamos de repetir: para os gatos, a alimentação é um ato de amor.

Woolie, design para gatos e seus humanos :)

Compartilhar com:

Post anterior
Próximo post

Comentários

Escrever comentário

Empty content. Please select category to preview

Carregando Ambiente Seguro