Até 10x sem juros | Frete grátis acima de R$ 200

Carrinho de Compras

O seu carrinho está vazio

Continuar as Compras

Gateiros de Primeira Viagem: Dicas Para Você Adotar Seu Primeiro Gatinho (parte 2)

Gateiros de Primeira Viagem: Dicas Para Você Adotar Seu Primeiro Gatinho (parte 2)

A gente está aqui para te encorajar a adotar mais e mais gatinhos. Vamos mostrar que o processo de adaptação pode ser simples se vocês seguirem alguns passos e dicas que irão servir como verdadeiros atalhos na adaptação dos gatinhos a um novo lar.

Já falamos aqui sobre como nos prepararmos para receber um gatinho ou gatinha antes mesmo deles chegarem em nossa casa.

Hoje vamos falar sobre alguns itens básicos, importantes no processo de adaptação. Explicaremos o porquê de valer a pena investir em alguns itens essenciais e ainda mostraremos alguns outros acessórios que podem te ajudar.

Depois falaremos das maravilhas de adotar mais de um gato ao mesmo tempo. E já vamos começar com um spoiler, não há desvantagens em adotar dois ou mais gatos ao mesmo tempo. Pronto, falamos!

Gateiro de Primeira Viagem: O Começo

Antes de trazer o gatinho para morar contigo, certifique-se de preparar sua casa com alguns itens básicos. Você perceberá que esses são itens fundamentais, mas também entenderá porque gatos não são conhecidos por gerarem grandes despesas.

É importante que o gato se sinta confortável logo que chegar a seu novo lar. Os felinos têm, assim como nós humanos, personalidades bastante distintas e é possível que você adote um bichano que inicialmente pareça mais tímido.

Mas não se acanhe. Muitos gatos podem reagir assim em um primeiro momento, precisando de um tempo para se ajustarem às mudanças.

Esse é mais um motivo para você criar o ambiente confortável e seguro para seu novo gatinho.

Se possível, traga do local de adoção algum item que seu gato gosta. Pode ser uma mantinha, que ele usava para dormir. Os cheiros presentes naquela manta o aproximarão, de alguma forma, do antigo lar, deixando-o mais tranquilo.

Prepare um cômodo que será o refúgio inicial do seu gatinho. É ali que o gato deverá ficar nos primeiros dias em sua casa. É ali que ele deixará sua marca, seu cheiro. Esse será o ambiente que ele irá dominar primeiro. Sua primeira conquista (depois de você, claro).

Note que você perderá sua casa para ele aos poucos. De certa forma, é só seguir os comandos dele. Mas você vai amar isso!

O Essencial

Alguns acessórios são fundamentais. São os que chamamos de essenciais. São itens que possuem características particulares que devem ser pensadas especialmente para gatos.

Um item indispensável é a caixa de areia. Gatos são bastante higiênicos e, por isso, é importante providenciar a caixa de areia antes da chegada do gato.

Uma coisa que vocês talvez não saibam é que o ato de esconder as fezes na caixa de areia é um ato de proteção dos gatinhos. Escondendo as fezes, eles despistam predadores.

Claro que, como tantos outros, esse é um hábito ancestral herdado pelos gatinhos de hoje. Mas isso só reforça a importância de disponibilizar a caixa de areia.

Idealmente, se você adotar um gatinho, tenha duas caixas de areia. Aliás, para quem pretende adotar mais de um, tenha sempre uma caixa a mais. Por exemplo, se você adotar dois gatinhos, tenha três caixas de areia.

Além disso, é importante testar o tipo de areia a que seu gato irá se adaptar melhor. Tem areias com grãos maiores ou menores, e até mesmo o tamanho da caixa pode interferir no conforto do seu gato. Mas você aprenderá suas preferências testando, o que só reforça a importância de ter mais de uma caixa.

Você também deverá pensar na alimentação. É importante misturar alimentação seca com a úmida. 

Talvez o local onde você adotou o gatinho possa dar alguma dica do tipo ideal, mas a palavra definitiva deve ser dada pelo seu veterinário. Converse com ele e ele dirá as quantidades de cada tipo de alimento e quantas vezes ao dia ele deve ser alimentado.

Para ajudar no processo de se alimentar, pense no comedouro correto. Aqui a gente dá todas as dicas para um comedouro ideal e você ainda terá a oportunidade de conhecer os comedouros incríveis aqui da Woolie.

Então, lembre-se do bebedouro. E nós aqui na Woolie somos defensores da água corrente. Gatos são animais selvagens e carregam uma herança ancestral em seus hábitos, que envolve beber água corrente de rios. Clique aqui e você poderá saber com detalhes como ajudar na hidratação correta de seu gato.

Procure oferecer ao seu gato camas bastante confortáveis. Aqui você encontra ótimas dicas sobre o sono dos gatos. Mas para um gato que está se acostumando com um lar novo, é importante que ele possa deixar seu cheiro na caminha dele. Aliás, como dissemos, ele deve fazer isso em todo o ambiente.

Isso verdadeiramente faz parte da estratégia de dominação territorial dele. Aproveite também para conhecer a Cama Wool.

Espalhe alguns arranhadores pelo quarto e, posteriormente, pela casa. Há arranhadores de diversos formatos e texturas e você descobrirá, com o tempo, os que fazem mais sucesso com seu gatinho ou gatinha. Gatos usam suas garras. E, a menos que você prefira vê-los usando essas garras para produzir verdadeiras obras de arte em seu sofá, ofereça arranhadores para eles brincarem.

Lembre-se de colocar telas nas janelas! Gatos gostam de explorar todos os ambientes e usam as alturas para fazer isso. As telas são uma proteção fundamental para os nossos gatinhos.

Escolha alguns brinquedos. Se seu gato estiver tímido no começo, não force a barra querendo brincar com ele, mas vá se aproximando aos poucos. Dê tempo para ele se acostumar com o novo lar e a sua presença. Com o tempo, ele irá se divertir te acordando todas as noites para brincar.

Outros Acessórios Importantes

Tenha uma caixa de transporte. Provavelmente você não irá viajar com seu gato para todos os lados. Gatos são mesmo territorialistas. Eles gostam de estabelecer acampamento em um lugar e ficar por lá.

Mas, no caso de você precisar fazer uma viagem ou mudança, é importante que ele viaje na caixa de transporte e, se ele já estiver adaptado a ela, melhor ainda. Ele se sentirá mais seguro.

Outros artigos importantes são o cortador de unha e a escova. Você talvez tenha dificuldade em cortar a unha do seu gato inicialmente. Uma forma de acostumá-lo é criar o hábito de mexer nas patinhas dele. Assim, ele estranhará menos quando tiver que aparar as unhas.

Escovar os pelos costuma ser mais fácil. Nem todas as escovas serão confortáveis para os gatos, mas, novamente, qual usar é uma decisão muito individual.

Devo Adotar Um Ou Mais Gatos Ao Mesmo Tempo?

Essa é uma dúvida recorrente e temos nos deparado com muita gente que se pergunta a mesma coisa.

A gente aqui acha essa pergunta muito simples de responder. Afinal, o que é melhor do que um gatinho fofinho, independente e carinhoso? Dois gatinhos fofinhos, independentes e carinhosos.

A gente pode prosseguir dizendo que, melhor que dois, só três. Mas talvez esse texto ficasse comprido demais (leia-se sem fim) e achamos melhor parar por aqui.

No próximo texto a gente vai explicar direitinho como adotar uma gatinha ou gatinho novos a uma casa que já tem gatos.

Hoje a gente vai falar sobre as vantagens de escolher dois ou mais gatos e, acreditem, faz diferença. Para anima-los sobre a escolha de dois ou mais gatos, vamos listar alguns dos principais pontos a se pensar.

Eles Estimulam Mentalmente (e entretêm!) Uns Aos Outros

Mesmo que gatos sejam independentes e curtam uma vida de reinado solitário, quando eles passam muito tempo sozinhos, também correm o risco de se sentirem entediados.

Períodos muito longos de solidão podem levar a comportamentos reprováveis. É fundamental manter seu gato ocupado, entretido e estimulado, principalmente se você trabalha fora o dia inteiro ou tem um dia muito atarefado.

Ao adotar dois gatos ao mesmo tempo, você está garantindo que cada um deles terá companhia o tempo inteiro e uma fonte confiável e interminável de brincadeiras.

Enquanto você realiza suas tarefas, eles irão se ocupar com as brincadeiras mais divertidas ao longo do dia (e da noite).

Mas, claro, adotar dois gatos que já se dão bem no abrigo é um atalho e uma dica que irá facilitar muito a sua vida. Outra possibilidade é adotar gatinhos da mesma ninhada.

Adotar Dois Gatos Ao Mesmo Tempo É Um Atalho Para Treina-los

Se você estiver treinando dois gatos, perceberá que eles repetem as atitudes uns dos outros. E isso é uma ótima oportunidade para economizar tempo no treinamento.

Gatos aprendem, com alguma facilidade, a ter bom comportamento. Isso envolve o uso da caixa de areia, ou mesmo arranhar.

Se um dos gatinhos aprende mais rápido, é provável que o outro aprenda em um ritmo muito mais rápido do que se não pudesse aprender pelo exemplo.

Nós já dissemos que gatos observam a forma que sua mãe dorme e aprendem dessa forma a dormir enroladinhos aqui. Pois o que ocorre é exatamente o mesmo. Eles estão acelerando o aprendizado um do outro.

Gatos Se Exercitando

Pense na infinidade de brincadeiras que dois gatos podem bolar entre si. Pensou? É mais! Um dos lados positivos disso é que, ao brincarem, eles estarão gastando energia e se exercitando.

Funciona da seguinte forma com nós humanos: você está aí, em frente à TV, assistindo CATFlix e comendo um balde de pipoca, numa dúvida enorme se vai ou não se exercitar hoje. Então, seu amigo te liga e fala que está passando aí pra vocês irem juntos darem uma corridinha. Ou, quem sabe, treinar na BodyCAT.

A verdade é que um incentiva o outro. As brincadeiras em que eles interagem entre si são, afinal, excelentes exercícios. Eles estarão ativos e estimulados mentalmente. E ainda te darão um descanso para você se recuperar do leg press.

Gatos Se Higienizando

 

Aqui não tem muito mistério. Apesar de gatos serem extremamente higiênicos, dois gatos conseguem ser ainda mais. Eles se ajudam.

É como se eles te ajudassem a limpar aquele pedacinho nas costas que... bem, deixa pra lá.

Eles fazem isso entre si, limpando inclusive áreas que são difíceis de alcançar. E o melhor é que isso pode virar uma rotina regular, com horários específicos para os cuidados pessoais.

Você Estará Salvando Mais Um Gatinho, Mais Uma Vida

Se você não estiver convencido agora...

Apesar do tom humorado, a gente realmente acredita que esse é o argumento mais forte de todos. É simples. Você pode salvar duas vidas ao invés de uma.

É verdade que a adoção de gatos vem crescendo nos últimos anos, além de ter dado um salto desde 2019. Quem não quer uma companhia purrrfeita como os bichanos? Mas ainda não é suficiente. E nem todos os gatinhos e gatinhas encontram um lar.

Inclusive, é comum haver gatos mais velhos abandonados nos abrigos de adoção porque a preferência é sempre pelos mais novos.

Porém, a expectativa é que, se houver menos gatinhos jovens, os mais velhos terão mais chances. Ou seja, mesmo que você adote os mais novinhos, você pode aumentar as chances de um bichano mais velho encontrar uma nova família.

Por fim, adotar mais gatinhos abre espaço para que novos animais em necessidade sejam atendidos pelos abrigos, já que, na maioria das vezes, os espaços são limitados.

Como Adaptar Sua Casa a Um (Ou Mais) Gatinho: Conclusão

Você sabia que os primeiros gatos foram domesticados há mais de 11 mil anos? Naquela época, os gatos selvagens seriam o equivalente, hoje, ao que lobos são para o mundo canino.

Ainda assim, os humanos se adaptaram e passaram a conviver pacificamente com os felinos. E, vamos combinar, se eles conseguiram há 11 mil anos, a gente tira de letra.

Adaptar uma casa a novos gatinhos é mais simples do que se pode imaginar e você sempre pode (e deve) contar com a ajuda de um veterinário para te guiar nos momentos em que estiver notando alguma resistência ou estresse por parte de seu gatinho.

No fim das contas, você será muito mais feliz na presença dos bichanos. E ainda ajudará a salvar vidas, o que também te tornará mais humano.

Se você conhece alguém que está em dúvida sobre adotar um gatinho, ou quais seriam os primeiros passos, compartilhe esse texto com ele. Vamos fazer uma corrente do bem pela defesa dos gatinhos e gatinhas.

E se tiver alguma sugestão de tema ou dúvida sobre o mundo felino, compartilha com a gente também. A gente vai consultar a gata Mary Poppins, presidente do Conselho Gateiro e, se ela não tiver a resposta, pode ter certeza que ela vai perguntar para todos os seus amigos do mundo felino.

E a gente promete compartilhar com vocês o que ela descobrir.

Woolie, design para gatos e seus humanos :)

Compartilhar com:

Post anterior
Próximo post

Comentários

Escrever comentário

Empty content. Please select category to preview

Carregando Ambiente Seguro